Pular para o conteúdo
Imagem: Supermercados elevam faturamento em 16% em 2023

O Índice de Consumo em Supermercados (ICS) registrou crescimento de 16% no ano passado. O faturamento foi impulsionado pela alta de 6,6% no valor médio por transação e o desempenho positivo do consumo abrangeu todas as regiões brasileiras, com destaque para Sul (+19,4%) e Nordeste (+16,9%). Os dados são da Alelo, empresa de benefícios, gestão de despesas corporativas e incentivos, em parceria com a Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas). Na comparação com o mesmo mês de 2022, o setor teve alta de 10,3% no número de transações e de 16,2% no valor transacionado.

16/01/24

Imagem: Alelo revela crescimento de 7,6% do consumo em supermercados

Os dados referentes a julho de 2023 revelam que o valor gasto em supermercados cresceu 5,5% em relação a junho, e 7,6% nos últimos 12 meses. É o que mostra uma pesquisa da Alelo em parceria com a Fipe, com os Índices de Consumo em Supermercados (ICS) e os Índices de Consumo em Restaurantes (ICR). Já nos restaurantes, o valor gasto registrou um avanço de 2,4% em relação a junho de 2023, contrastando com uma queda de 8,9% na comparação com julho de 2022. O levantamento ainda mostra que o valor gasto em supermercados avançou em todas as regiões brasileiras nos últimos 12 meses.

31/08/23

Imagem: Gastos em supermercados sobem 36%

A região Sudeste registrou aumento de 36,4% nos gastos em supermercados e 14% em restaurantes em dezembro de 2022, comparados a novembro do mesmo ano. Os dados são de uma pesquisa da Alelo, bandeira especializada em benefícios, em parceria com a Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas). Segundo o relatório, o desempenho ocorreu por conta da movimentação atípica de novembro/dezembro, com eventos como Copa do Mundo, Black Friday e festas de final de ano. Outro fator de destaque é o pagamento da segunda parcela do 13° salário.

09/03/23

Imagem: Alelo aposta em recursos extras para concorrer com iFood

A Alelo, comandada pelo Banco Do Brasil e Bradesco, quer crescer no segmento de delivery com o Pede Pronto, um aplicativo que promete ir além das entregas. A partir de outubro, o app pretende começar um plano de expansão e estabelecer presença em todas as capitais brasileiras - atualmente opera em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Além de anunciar parcerias exclusivas com grandes redes, como Habibs, Ragazzo e Tendall para o uso de sua carteira digital exclusiva.

04/10/22

Imagem: Food Service Cai 27% - Supermercados Crescem 5%

O consumo em restaurantes, bares, lanchonetes e padarias teve queda de 27,2% em janeiro. Já os supermercados registraram aumento de 5,4%. Os dados são de um levantamento realizado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), com base em pagamentos realizados com cartões de alimentação e refeição da bandeira Alelo em todo o país. A variação da pesquisa é medida contra os resultados do mesmo período de 2019, com o intuito de comparar com os fluxos de um ano completo sem pandemia. Na análise por região, o consumo em supermercados teve maior crescimento no Sul (11,5%).

12/03/21

Imagem: Queda de Consumo em Restaurantes Desacelera

O consumo em restaurantes registrou queda de 23,2% no valor total gasto em outubro de 2020, na comparação anual. O dado faz parte de uma pesquisa da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), em parceria com a Alelo, bandeira especializada em benefícios, incentivos e gestão de despesas corporativas. No entanto, o valor representa um avanço para o setor, visto que os resultados dos meses anteriores demonstraram maior retração no consumo: -49,8% (abril), -39,3% (maio), -33,8% (junho), -28,1% (julho), -26,8% (agosto) e -25,8% (setembro). Em outubro, também houve redução de 44% no volume de operações realizadas com benefício refeição.

20/11/20

Imagem: Queda dos Restaurantes Desacelera em Junho

Em junho, o valor gasto em restaurantes foi 33,4% menor na comparação com o mesmo período de 2019. Apesar da redução, o número representa uma leve melhora do setor, visto que, nos meses anteriores, as quedas registradas foram de 49,6% (abril) e 39,1% (maio). Os dados refletem a flexibilização da reabertura dos estabelecimentos e fazem parte dos Índices de Consumo em Restaurantes (ICR), elaborado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), em parceria com a Alelo, bandeira especializada em benefícios. No mês de junho, o setor obteve uma redução de 53,4% no volume de transações realizadas com vale refeição.

28/07/20