Pular para o conteúdo
Imagem: Consumo de pães e massas aumenta no Brasil

O consumo de massas é feito semanalmente por 44,5% dos brasileiros e, no país, o macarrão está presente em 98,8% dos lares. É o que mostra um levantamento feito pela Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (Abimapi). O estudo também revela que o pão está no top 10 alimentos de mais consumidos no Brasil, com 94,7% de presença na casa dos brasileiros. Segundo a Abimapi, mais de 31% da população consomem pães industrializados quatro vezes por semana, principalmente no café da manhã. Na pesquisa, o destaque de consumo de massas foi pela população do Rio de Janeiro, que passou de 22% em 2022 para 26% neste ano.

17/10/23

Imagem: Brasil atinge 1,34 milhão de toneladas de macarrão consumidas

Hoje (25), é comemorado o Dia Mundial do Macarrão, produto que está presente em 99,5% dos lares brasileiros. De acordo com a Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (Abimapi), o setor de massas alimentícias registrou aumento de 11,5% em faturamento e retração de 1,7% em volume de vendas, quando comparados com os valores de 2020 (R$ 11,3 bilhões e 1,37 milhão de toneladas), atingindo R$ 12,6 bilhões e 1,34 milhão de toneladas (em 2021), respectivamente. "As massas seguem conquistando os lares", pontua Claudio Zanão, presidente-executivo da Abimapi.

25/10/22

Imagem: Compras de massas alimentícias crescem 20%

A categoria de massas alimentícias secas esteve presente em 8,3% das notas fiscais entre janeiro e setembro de 2023 no Brasil, com uma média de itens comprados 20% maior e ticket médio 23,6% superior ao mesmo período do ano passado. Segundo dados da Horus, marca do ecossistema Neogrid, o segmento registrou preço 1,4% maior neste ano e ruptura de 10,6%. "Quando se compara o desembolso do shopper nos carrinhos que contêm alguma massa seca, verifica-se que o ticket médio total da compra é 3,1 vezes maior do que a média", destaca Luiza Zacharias, diretora de Novos Negócios da Horus.

31/10/23

Imagem: Vapza Alimentos lança espaguete de pupunha

A Vapza Alimentos amplia seu portfólio com o espaguete de pupunha. O produto é plant-based e é comercializado já cozido e pronto para consumo. Segundo a empresa, a novidade é natural, sendo livre de grãos, glúten e aditivos. O espaguete de pupunha já está sendo distribuído para o varejo brasileiro, com 300 gramas, embalado à vácuo. De acordo com a Vapza, o produto é cozido à vapor dentro da própria embalagem, processo que auxilia na preservação dos nutrientes do alimento in natura e possibilita uma validade mais extensa (de 9 meses).

23/08/22