Pular para o conteúdo
Imagem: Preço do arroz acumula alta de 6,69%

O preço do arroz subiu 6,69% neste ano, segundo dados da Apas (Associação Paulista de Supermercados) e da Fipe. Em maio, a alta foi de 0,72%. "A tragédia climática que atingiu o Rio Grande do Sul poderá afetar ainda mais o preço do arroz nos próximos meses", afirma Felipe Queiroz, economista-chefe da Apas.

24/06/24

Imagem: Preços de eletroeletrônicos caem 6,2% em maio

Com monitoramento de 47 categorias de eletroeletrônicos, o Índice de Preços Fipe/Buscapé caiu pelo quinto mês consecutivo, com recuo de 0,81% em maio. Na base anual, o segmento teve queda de 6,2%. Os destaques de deflação foram registrados em celulares (-13,7%), informática (-10,6%) e áudio e vídeo (-6,6%).

17/06/24

Imagem: Eletroeletrônicos têm deflação de 5,3% em junho

Os preços dos produtos eletroeletrônicos vendidos no e-commerce brasileiro tiveram queda de 5,3% em junho de 2024, na comparação anual. De acordo com o Índice Fipe/Buscapé, a tendência de redução nas quedas anuais se mantém, sendo a menor dos últimos 14 meses.

15/07/24

Imagem: Eletroeletrônicos registram queda de 6,8% em preços

Os preços dos produtos eletroeletrônicos vendidos no e-commerce apresentaram queda anual de 6,8% em abril de 2024, de acordo com o Índice de Preços Fipe/Buscapé. A pesquisa mostra que a variação de abril é semelhante à média das variações anuais dos últimos seis meses.

13/05/24

Imagem: Preços de eletroeletrônicos caem 7,4% em março

Os preços dos eletroeletrônicos vendidos no e-commerce tiveram uma queda anual de 7,4% em março de 2024, de acordo com o Índice de Preços Fipe/Buscapé. A pesquisa, que monitora mais de 2 milhões de preços, mostra que o número é semelhante à média das variações anuais dos últimos seis meses, indicando estabilidade do índice no período. Apenas duas categorias tiveram aumento de preço: ar-condicionado (16,7%) e ventilador e circulador (1,6%). Ambas foram pressionadas principalmente pelo desequilíbrio entre demanda e oferta, derivado do calor atípico e de problemas logísticos.

10/04/24

Imagem: Carnes bovinas puxam deflação nos supermercados

As carnes bovinas tiveram uma deflação de 0,70% nos supermercados de São Paulo em fevereiro. No acumulado dos últimos 12 meses, a queda é de 11,43%, segundo o Índice de Preços dos Supermercados, elaborado pela Associação Paulista de Supermercados (APAS) em parceria com a Fipe. Os destaques com maiores reduções no mês foram: fígado (-9,43%), filé mignon (-6,40%), fraldinha (-5,44%), contrafilé (-4,82%) e picanha (-4,04%). "A redução no preço das proteínas bovina e suína contribuiu para deflação de 2,67% na categoria de produtos semielaborados nos últimos 12 meses", explica Felipe Queiroz, economista-chefe da APAS.

19/03/24

Imagem: Gastos em supermercados sobem 36%

A região Sudeste registrou aumento de 36,4% nos gastos em supermercados e 14% em restaurantes em dezembro de 2022, comparados a novembro do mesmo ano. Os dados são de uma pesquisa da Alelo, bandeira especializada em benefícios, em parceria com a Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas). Segundo o relatório, o desempenho ocorreu por conta da movimentação atípica de novembro/dezembro, com eventos como Copa do Mundo, Black Friday e festas de final de ano. Outro fator de destaque é o pagamento da segunda parcela do 13° salário.

09/03/23