Pular para o conteúdo
Imagem: Pix atinge quase 250 milhões de transações em 48 horas

De acordo com dados divulgados pelo Banco Central, as transações financeiras via Pix bateram um novo recorde. Nos últimos dias 6 e 7, foram registradas mais de 124,7 milhões de operações, somando quase 250 milhões de transações nos dois dias. O recorde anterior foi registrado em 5 de maio, com 124,3 milhões de transferências. Segundo o Banco Central, os últimos meses têm registrado um crescimento da participação da modalidade instantânea de pagamentos entre pessoas físicas para comerciantes, representando quase 30% dos Pix realizados no mês de maio.

12/06/23

Imagem: Pix lidera meios de pagamento no Brasil

O Pix encerrou 2022 com mais de 24 bilhões de transações, média de 66 milhões de operações diárias, consolidando-se como o meio de pagamento mais usado no Brasil. Segundo levantamento da Febraban, com base em dados divulgados pelo Banco Central e pela Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartão de Crédito e Serviços), as transações do Pix superaram as operações de cartões de débito, boleto, TED, DOC e cheques, que, juntas, totalizaram 20,9 bilhões. No ano passado, foram transacionados pelo Pix R$ 10,9 trilhões.

30/03/23

Imagem: Pix sofre queda de 9% em volume de transações

Depois de bater um recorde em dezembro de 2022 (R$ 1,22 trilhão), o Pix, sistema de pagamentos instantâneos, transacionou cerca de R$ 1,1 trilhão em janeiro, uma queda de 9% na comparação com mês anterior. Mesmo assim, o valor é 73,9% maior do que o registrado um ano antes, em janeiro de 2022. A baixa no volume financeiro em janeiro reflete a sazonalidade do período de dezembro, que contou com as festas de fim de ano e Copa do Mundo. "Comparado com outros instrumentos de transferência de dinheiro no Brasil, a participação do Pix aumentou para 22,1% do mercado de R$ 5,0 trilhões em volume."

20/03/23

Imagem: Gastos em supermercados sobem 36%

A região Sudeste registrou aumento de 36,4% nos gastos em supermercados e 14% em restaurantes em dezembro de 2022, comparados a novembro do mesmo ano. Os dados são de uma pesquisa da Alelo, bandeira especializada em benefícios, em parceria com a Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas). Segundo o relatório, o desempenho ocorreu por conta da movimentação atípica de novembro/dezembro, com eventos como Copa do Mundo, Black Friday e festas de final de ano. Outro fator de destaque é o pagamento da segunda parcela do 13° salário.

09/03/23

Imagem: Pagamentos com cartões aumentam 20%

Com alta de 20% no terceiro trimestre, os pagamentos com cartões de crédito, débito e pré-pagos totalizaram R$ 827 bilhões no período. Segundo dados da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), os brasileiros registraram uma média de 110 milhões de pagamentos com cartões por dia entre julho e setembro. Ao todo, foram 10 bilhões de transações, alta de 21%. De janeiro a setembro, foram movimentados R$ 2,42 trilhões em pagamentos com cartões, o que representa um crescimento de 30% em relação ao mesmo período de 2021.

14/11/22