Pular para o conteúdo
Imagem: Inovar Para Acompanhar os Marketplaces

*Por Marcelo Dantas Se no ano passado a mensagem principal era de que o e-commerce havia se tornado uma forma de sobrevivência para o comércio físico que, de portas fechadas, sucumbia ao coronavírus, em 2021 as vendas no meio digital tornaram-se uma cultura instalada em ritmo crescente. Na China, por exemplo, as vendas online já representam 52,1% do varejo como um todo e especialistas da ABcomm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico) acreditam que nós também chegaremos a este mesmo estágio dentro de pouco tempo.

14/05/21

Imagem: Oportunidades no E-commerce em 2022

*Por Marcelo Dantas A crescente do e-commerce que teve início em 2020 não tem data para terminar. O setor continua comemorando os bons resultados e, infelizmente, eles estão atrelados à crise pandêmica que se instalou de forma global. Por causa das variantes que não dão tréguas à população, as pessoas continuam evitando sair de casa e dão clara preferência para o comércio online, mantendo-se afastadas dos locais com aglomeração. Uma das grandes oportunidades são os novos usuários, que conheceram o e-commerce ao longo da pandemia e tendem a permanecer, se tornando clientes assíduos dos meios digitais.

25/02/22