Pular para o conteúdo
Imagem: naPorta: a logtech por trás das entregas do varejo nas favelas

A atuação do varejo nas favelas conta com aliados que viabilizam as entregas na porta dos consumidores, mesmo em territórios complexos em termos de logística. Uma dessas empresas é a naPorta, que oferece Logistic as a Service (LaaS) para áreas restritas, zonas rurais, regiões ribeirinhas e periféricas. A base de clientes ativos da logtech inclui nomes como Shopee, Magalu, Carrefour e Mercado Livre.

10/05/24

Imagem: Natal e experiência do usuário: como fidelizar clientes?

*Por Vinicius Pessin, CEO da logtech Eu EntregoA cada Natal, as empresas se empenham não apenas em concluir vendas sazonais, mas também em buscar maneiras de conquistar os clientes, visando à fidelização. Nesse contexto, a experiência do usuário se torna a palavra-chave. Quando um cliente realiza sua primeira compra e recebe um produto de qualidade dentro do prazo estipulado, é mais provável que retorne. Inicialmente, a empresa deve adotar a perspectiva do cliente, uma vez que todos nós desempenhamos o papel de consumidores.

12/12/23

Imagem: De Paraisópolis à Cidade de Deus, varejo consolida logística para além dos centros de distribuição

Quase 14 mil favelas em todo o Brasil, com 17,9 milhões de moradores (segundo dados da pesquisa Data Favela 2023). Esse é o público em potencial que o varejo busca alcançar ao estender suas entregas para as comunidades. Junto a startups de logística, as empresas reforçaram essa atuação desde a pandemia e, agora, seguem entregando na porta de moradores de favelas como Paraisópolis, Heliópolis, Diadema (SP), Cidade de Deus (RJ) e Jardim Teresópolis (MG).

10/05/24

Imagem: Kopenhagen e Brasil Cacau crescem 30% em vendas online

Com mais de 800 lojas pelo país, o grupo CRM, dono da Kopenhagen, Chocolates Brasil Cacau e Kop Koffee, registrou um crescimento de 30% nas vendas online das marcas neste ano, em relação a 2022. Atualmente, o e-commerce das empresas representa 10% das vendas totais. Neste ano, a meta é fechar mais de 70 mil entregas em todo o território nacional, sendo 50% delas realizadas pela logtech Eu Entrego. A parceria prevê duas modalidades de entregas: next day (com dois dias de prazo) e same day (no mesmo dia, em até três horas). A startup faz as entregas no sistema next day e, agora, está iniciando o same day nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

22/08/23

Imagem: Same day delivery: como vender mais com a entrega expressa?

*Por Vinícius Pessin, CEO da logtech Eu Entrego Hoje em dia, os consumidores querem tudo cada vez mais rápido. Muitos clientes que têm resistência em comprar online alegam o tempo de entrega como principal barreira. Neste cenário, quando uma empresa utiliza o same day delivery de forma estratégica e consegue atender às necessidades diversas do mercado, com custos adequados, sai na frente da concorrência.

05/04/23

Imagem: Eu Entrego fechará 2022 com 18 novas dark stores

A Eu Entrego, logtech que conecta varejistas a entregadores autônomos, pretende estar presente em mais de 600 cidades até o final do ano, com crescimento de 50% em relação a 2021. A empresa abrirá 18 dark stores pelo país para sustentar a modalidade de same-day delivery (entrega no mesmo dia). Em 2021, a logtech dobrou de tamanho em comparação a 2020 - quando já havia quintuplicado de tamanho em relação a 2019. Segundo a Eu Entrego, em dois anos, o crescimento foi de 500%.

08/09/22