Pular para o conteúdo
Imagem destaque: Grupo Mateus negocia aquisição do Novo Atacarejo
Crédito: Divulgação / Novo Atacarejo

Grupo Mateus negocia aquisição do Novo Atacarejo

  O Grupo Mateus assinou um contrato preliminar para assumir o controle do Novo Atacarejo, visando a combinação da totalidade dos negócios da bandeira com os seus estabelecimentos de atacarejo, varejo e atacado de distribuição localizados nos estados de Pernambuco, Paraíba e Alagoas. O memorando de entendimentos não vinculante (MOU) celebrado prevê que, como resultado da potencial operação, a companhia deterá 51% e o Novo Atacarejo representará 49% da sociedade. Com mais de R$ 4,5 bilhões em receita bruta em 2023, o Novo Atacarejo opera 27 lojas em Pernambuco, 2 unidades na Paraíba e um centro de distribuição.


Estratégias similares

 Segundo o Grupo Mateus, as empresas “possuem modelo de negócios e direcionamento estratégicos similares, com acionistas de referência com forte histórico no setor de varejo de alimentos do Brasil”. Além disso, a companhia destaca que a sociedade resultante aproveitará a experiência da família Assis, atual controladora do Novo Atacarejo, que continuará envolvida na gestão dos negócios após a conclusão da transação. A consumação da negociação está sujeita à celebração de documentos definitivos, que deverão incluir condições como a aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).


Avanço no Norte e Nordeste

 “Caso a potencial operação seja concretizada, tal movimento representará o fortalecimento da estratégia de expansão do Grupo Mateus na região Nordeste e o propósito da companhia e do Novo Atacarejo de fomentar a economia da região Norte e Nordeste do país”, complementa o varejista. A sociedade somará 50 lojas em Pernambuco, Paraíba e Alagoas. Considerando os estabelecimentos que estavam em operação em 31 de dezembro, o faturamento bruto combinado seria de aproximadamente R$ 6,8 bilhões em 2023.

29/05/2024

Compartilhar

Notícias em destaque