Pular para o conteúdo
Imagem: Xiaomi desembarca em Feira de Santana (BA)

O Boulevard Shopping Feira de Santana recebeu o terceiro ponto de venda da Xiaomi na Bahia. “O modelo de ponto de venda em quiosque é uma aposta da marca e faz parte do plano estratégico de expandir as suas operações para as principais cidades do país”, destaca a empresa.

06/05/24

Imagem: Xiaomi estreia no Rio Grande do Norte

A Xiaomi anuncia a abertura de um ponto de venda que marca o início de sua atuação no Rio Grande do Norte. Localizado no Shopping Midway, em Natal, o quiosque comercializará smartphones, mochilas, power bank, lâmpadas, balança, tablet, entre outras soluções da marca. A Xiaomi opera 36 pontos de vendas físicos localizados em shoppings de cidades como São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Vitória (ES), Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS). A marca ainda conta com mais de 8 mil pontos de vendas oficiais espalhados pelo Brasil, por meio de parcerias com varejistas.

18/04/24

Imagem: Xiaomi estreia quiosque em Ribeirão Preto (SP)

A Xiaomi anuncia a abertura do seu primeiro ponto de venda em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, no Novo Shopping. O quiosque comercializa smartphones, smartwatches, fones de ouvido, carregadores, caixas de som, entre outros.

20/05/24

Imagem: Xiaomi inaugura quiosques em shoppings

A fabricante de eletrônicos Xiaomi vai inaugurar mais três quiosques em shoppings no Brasil, até o final de 2022, além do quiosque que já foi implementado no Shopping Eldorado, em São Paulo. A empresa chinesa tem 7 lojas em shoppings no Brasil, sendo que 5 foram abertas no fim do ano passado. Agora, a Xiaomi busca investir em pontos menores. Os pontos de venda próprios da empresa ficam localizados em São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR) e Salvador (BA). Com as aberturas dos quiosques, a marca passará a estar presente também em Recife e Manaus. O Brasil já se tornou o principal mercado da Xiaomi na América do Sul.

18/10/22

Imagem: Xiaomi aposta no varejo físico para avançar no Brasil

A empresa, que chegou com seus produtos no país muito antes de desembarcar de fato com sua operação, vem apostando em maior presença no varejo físico para crescer e fazer frente à concorrência. Desde 2021, foram sete inaugurações, com a maior parte das unidades concentradas em São Paulo e no Rio de Janeiro, mas com pontos espalhados nas regiões Nordeste e Sul. A presença em lojas de parceiros também cresceu, como as redes Fast Shop e Polishop. Agora, além destas frentes, a Xiaomi pretende ganhar mais escala ainda em PDVs através de um modelo mais compacto.

09/09/22

Imagem: Varejistas Chineses Iniciam Expansão Física no País

Seguindo um movimento de expansão no mercado brasileiro, mais uma potência chinesa resolveu instalar operações físicas no país. Agora, a marca de moda SHEIN abriu uma pop-up store (modelo de loja temporária) no Brasil, no estado do Rio de Janeiro, no shopping Village Mall. Em 2019, a Xiaomi, fabricante de smartphones chinesa, também desembarcou no país, inicialmente com duas lojas em São Paulo. A expansão física possibilita uma nova experiência de compra, para além do digital, que segue em expressivo crescimento. Um levantamento do Reclame Aqui revelou que 56,5% dos consumidores brasileiros já fizeram compras em sites de varejo da China.

04/04/22