Pular para o conteúdo
Imagem: Americanas abre quiosques do Submarino

O marketplace Submarino, controlado pela Americanas, inicia sua estratégia de expansão física com a abertura de operações em shoppings. Inicialmente, a plataforma investirá em franquias no formato de quiosques. Depois, o plano incluirá pontos de venda no modelo de lojas. O primeiro quiosque foi inaugurado neste mês, no Shopping Tamboré, localizado em Barueri (SP). Segundo a varejista, as unidades terão de 6 m² a 9 m² e comercializarão cerca de 700 itens, com foco em tecnologia, incluindo smartphones, mouses, teclados, fones de ouvido, carregadores e cabos.

08/12/22

Imagem: Mercado Livre e Amazon lideram ranking de e-commerces

A Semrush, plataforma especializada em visibilidade online, traz um ranking dos 20 e-commerces mais acessados no Brasil em 2023. O Mercado Livre lidera a lista, com uma média de 286 milhões de visitas mensais, seguido pela Amazon, que registrou 260 milhões. Segundo a empresa, o marketplace norte-americano teve 253 milhões de acessos em setembro deste ano, com crescimento de 30,7% em comparação com o mesmo período de 2022, quando registrou tráfego de 193 milhões. Com isso, a empresa se aproxima do Mercado Livre. Confira o ranking na íntegra!

26/10/23

Imagem: Varejista Perde R$ 2 Bi em Valor de Mercado

O Procon-SP notificou a Americanas, solicitando explicações quanto aos problemas ocorridos em suas plataformas de marketplace no último final de semana. As páginas da Americanas, Submarino e Shoptime ficaram fora do ar após a identificação de um "risco de acesso não autorizado". Com a notificação, a companhia precisará detalhar o momento em que foi constatado o risco, a previsão de volta e as providências tomadas, além de informar, até hoje (22), quais transações foram comprometidas e os impactos para o consumidor. A instabilidade fez com que a varejista perdesse quase R$ 2 bilhões em valor de mercado.

22/02/22

Imagem: B2W Realiza Envio de Produtos com Drones

A varejista B2W, dona das marcas Americanas.com, Submarino e Shoptime, começou a testar drones para transportar produtos entre os centros de distribuição e lojas físicas no Brasil. O primeiro teste foi feito no dia 21 de junho em Itapevi (SP), com transporte entre armazéns da B2W e da Lojas Americanas. De acordo com informações do jornal Valor Econômico, até agora foram 60 voos experimentais com percurso de 2 km cada. O setor varejista tem discutido com a Agência Nacional de Aviação Civil uma regulamentação para o uso de drones em entregas.

08/07/19