Pular para o conteúdo
Imagem: Sinhá Alimentos lança 7 sabores de snacks

A Sinhac, linha de snacks da Sinhá Alimentos, apresenta 7 novos sabores de snacks feitos à base de milho e óleo de girassol. São eles: natural, presunto, churrasco, queijo, cebola e salsa, galinha e requeijão. Em parceria com o Instituto Arara Azul, as embalagens dos produtos contam com estampas de animais do Cerrado, como arara-azul, onça pintada, tatu-bola, bicho preguiça, tucano, iguana e arara-vermelha. A nova linha chega aos pontos de venda de todo o país neste mês. "Nosso planejamento é que o faturamento anual nesta categoria ultrapasse os R$ 10 milhões", diz Fábio Vasconcelos, Diretor Comercial da Caramuru Alimentos, grupo detentor da marca Sinhá.

19/06/23

Imagem: Brasileiros trocam refeições por salgados

Desde 2019, as refeições vêm deixando de ser prioridade entre os brasileiros que comem fora de casa. Segundo o estudo Consumer Insights 2022, produzido pela Kantar, os salgados passaram de 11% da preferência em 2019 para 15% em 2022. Enquanto isso, as refeições completas caíram de 7% para 4%, respectivamente. As classes D e E são as principais responsáveis pelo aumento do consumo de snacks. A pesquisa aponta que os snacks vêm crescendo sobretudo como opção para café da manhã e lanche da tarde - entre 2019 e 2022, 89% do aumento de consumo de salgados ocorreu nestas ocasiões.

09/03/23

Imagem: Mondelēz apresenta tendências de consumo em snacks

A Mondelēz International lança o quarto relatório anual "State of Snacking", estudo global de tendências de consumo sobre snacks. No Brasil, geralmente o consumo da categoria é feito duas vezes ao dia, entre almoço e jantar, mas o produto vem ganhando relevância pela manhã. 83% dos brasileiros afirmam que, em tempos difíceis, buscam por pequenas recompensas, como chocolate, e 80% compartilham momentos de snack com sua família pelo menos uma vez por semana. Segundo a pesquisa, 74% dos consumidores dizem que a mídia social os inspirou a experimentar um novo snack no ano passado.

28/02/23

Imagem: La Violetera Investe em Snacks para Crescer 35%

Com o objetivo de crescer 35% em faturamento nos próximos 5 anos, a importadora paranaense La Violetera mira o mercado saudável, explorando frutas secas, nuts a granel e snacks. Esses produtos, que inicialmente eram considerados sazonais de final de ano, prometem ser protagonistas durante os 12 meses. "O mundo está falando em ter um posicionamento mais saudável e esses produtos são saudáveis. Perto 60% dessa categoria é vendida na conveniência, na farmácia e no pequeno varejo. A participação desses itens deve chegar ao patamar das azeitonas para La Violetera, em 2022", conta o CEO, Félix Boeing Jr., com exclusividade para o Jornal Giro News.

26/11/18