Pular para o conteúdo
Imagem: Indústria de construção deve fechar o ano com queda de 2,3%

A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) revisou a projeção para o desempenho do setor em 2023. A nova expectativa é de queda de 2,3% em faturamento neste ano. Inicialmente, a previsão era de alta de 2,0%. Segundo Rodrigo Navarro, presidente da Abramat, a indústria de materiais e a atividade da construção não acompanharam o crescimento da economia brasileira ao longo deste ano. Em novembro, as vendas do setor caíram 2,3% em relação ao mesmo mês do ano passado. Já no acumulado do ano, a baixa é de 2,5%. E nos últimos 12 meses, a retração chegou a 3%.

12/12/23

Imagem: Indústria de construção tem queda em faturamento

Em fevereiro, o faturamento das indústrias de materiais de construção caiu 5,5%, na comparação com o mesmo mês de 2022. Em relação a janeiro de 2023, houve queda de 0,9%. Os números são da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat). Em janeiro deste ano, o setor teve faturamento 3,9% menor que o observado em janeiro de 2022. Para o ano, a entidade estima um crescimento de 2% no faturamento.

10/03/23

Imagem: Vendas de Materiais de Construção Caem 5%

A indústria de materiais de construção registrou queda de 5,6% nas vendas de maio, na comparação com o mesmo mês do ano passado. Em relação a abril, houve alta de 1,6%, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat). Entre janeiro e maio de 2022, as vendas recuaram 9,1%, enquanto no acumulado dos últimos 12 meses, houve baixa de 5,2%. Segundo a entidade, a queda reflete a base de comparação mais elevada do primeiro semestre do ano passado. Em 2021, as vendas de materiais de construção estavam mais aquecidas para atender obras e reformas domésticas.

14/06/22

Imagem: Indústria de Construção Prevê Avanço em 2021

A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) revisou sua projeção feita em janeiro, de aumento de 4% em faturamento para 2021. A nova estimativa, feita a partir dos resultados do primeiro semestre deste ano e expectativas para os próximos meses, é de crescimento de 8%. No acumulado do ano, o setor registra alta de 24,4% em relação ao mesmo período de 2020. Em junho, na comparação com o mesmo mês de 2020, o faturamento da indústria de construção subiu 13,1%. Em relação a maio, houve queda de 0,7%.

09/07/21

Imagem: Setor de Construção se Mantém em Alta

Em maio, houve um crescimento de 35,8% no faturamento da indústria de materiais de construção, em relação a maio de 2020, de acordo com uma pesquisa da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat). A comparação entre os resultados de maio ante abril indicou queda de 0,5% no faturamento. Segundo a entidade, com isso, a previsão para 2021 foi mantida e a expectativa é que haja crescimento de 4% no faturamento total deflacionado dos materiais de construção em relação ao ano passado.

16/06/21