Pular para o conteúdo
Imagem destaque: Internacionalização de uma empresa: por onde começar?
Crédito: Dilok Klaisataporn/divulgação istock

Internacionalização de uma empresa: por onde começar?

  Adotar estratégias que possam gerar o crescimento de empresas. Esse é o objetivo dos maiores empreendedores e gestores. A partir daí, há uma expansão territorial que também pode ser benéfica em relação a faturamento e solidificação da marca. O que alguns podem não saber é que existe uma jogada capaz de juntar essas duas metas de uma vez só.

 

  Realizar a internacionalização da companhia é algo fundamental, principalmente atualmente, em que o cenário de vários segmentos encontra-se globalizado. Então, literalmente romper fronteiras pode gerar diversas oportunidades, como acesso a uma nova base de clientes, recursos e talentos mundiais.

 

  A internacionalização é um passo muito importante no crescimento de uma empresa. Ela pode ser caracterizada como a exportação de um produto para outro país ou até mesmo a abertura industrial no exterior.


  Porém, para que isso ocorra de forma mais assertiva, mitigando erros, é preciso ter alguns cuidados. Por isso, veja abaixo as melhores dicas para conseguir internacionalizar uma empresa.


Estude o mercado em que vai atuar

  Quando há o estabelecimento de uma nova base comercial em outro país, existem diversos desafios a serem enfrentados. Diferentes consumidores, profissionais, concorrentes. Tudo englobado em uma cultura única daquela região.


  Então, a primeira dica é estudar a fundo a nação que servirá como expansão da empresa. Saber todas as questões que envolvem o mercado irá criar um alicerce sólido para o impulsionamento da companhia.


Analise a questão produtiva

  Após o estudo, vem a análise. Ter um olhar preciso vai gerar uma capacidade resolutiva diante do novo cenário. Afinal de contas, mudanças podem ocorrer para que seja possível disponibilizar exatamente o que determinado país pede.


  Não adianta internacionalizar a empresa se não será capaz de oferecer o que os consumidores pedem. Faça as transformações necessárias e as aplique para atingir os objetivos traçados.


Resolva as questões logísticas

  Essa vai para a lista dos maiores desafios de uma internacionalização. A questão logística varia muito de um país para outro. A recomendação, neste caso, é investir bem para otimizar o processo e garantir um bom fluxo, mas sem inventar muita moda. Crie prazos aceitáveis, e, conforme o tempo passa, isso se ajusta, atraindo mais os consumidores.


Estratégias colaborativas

  Uma boa saída ao chegar a um novo país é fazer uma colaboração com empresas locais, como distribuidores ou agentes de vendas. A parceria tende a gerar boas vantagens, como auxiliar na difusão da marca, ajudar a adaptar produtos de forma mais rápida ou até mesmo facilitar a imersão no mercado de uma maneira mais eficiente.


  Neste caso, especialistas que já concluíram a faculdade de relações internacionais podem ajudar nesse meio-campo.

14/06/2024

Compartilhar

Notícias em destaque